O hóspede veio sem plaquinha de identificação? Veja a importância dela e como improvisar uma para os peludinhos!

A placa de identificação, principalmente para cães que vão passear ou que ficarão hospedados em ambiente casa ou chácara, é fundamental. Por mais que esse assunto dê calafrios, você sempre precisa considerar a possibilidade do hóspede fugir. Isso envolve tanto a prevenção de fugas como o que fazer caso aconteça.

Em caso de fugas, grande parte dos cães que voltaram para casa estavam com a plaquinha de identificação. Cães sem placas podem ficar dias perdidos. Para quem encontra o cachorro, a plaquinha ajuda a saber que ele tem um lar e o contato direto com os tutores dele. Muito mais fácil do que achar um cão sem nenhum tipo de identificação. Por mais que ele aparente não ser um animal de rua, como a pessoa que o encontrou irá localizar a família que o perdeu?

Por isso, na hora de preencher o checklist de hospedagem, cheque se o hóspede está com a plaquinha de identificação na coleira e fale da importância dela para o cliente.

“Mas e se o hóspede vier sem, o que eu faço?”

Dica 1: Compre plaquinhas genéricas

Assim como você adquire plaquinhas para os seus próprios cachorros, pode comprar também para os hóspedes. Claro, é inviável comprar uma plaquinha para cada cachorro que você hospeda. Por isso, você pode comprar plaquinhas genéricas. No verso, irá o seu telefone. Na frente, você pode escrever expressões como:

Me achou? Ligue!

Me ajude a voltar pra casa

Aos cuidados de (seu nome)

Dessa forma, você sempre terá uma plaquinha de identificação para colocar no cãozinho hóspede, caso ele não tenha. Essas plaquinhas com gravação custam, em média, de R$ 10,00 à R$ 30,00.

Dica 2: Faça plaquinhas em casa

Se o dinheiro está curto, você pode improvisar e confeccionar em casa uma plaquinha de identificação.

Lista de materiais:

  • Embalagem plástica (pode ser embalagem de amaciante, squeezy antigo, tampa de latas – leite condensado, leite em pó, achocolatado – potes de armazenar alimento, potes de cosméticos, etc.);
  • Molde no formato que você preferir (circular, retangular, coração, ossinho);
  • Tesoura;
  • Lixa de unha;
  • Caneta permanente;
  • Argola de chaveiro;
  • Prego;
  • Vela ou isqueiro;
  • Papel contact ou esmalte base (opcional).

Passo-a-passo:

Higienize com sabão e água a embalagem plástica. Depois de seca, recorte um pedaço para facilitar o manuseio. Pegue o molde e o contorne com uma caneta no pedaço recortado da embalagem e, depois, recorte no formato do molde. Para melhor acabamento nas laterais, passe a lixa por elas para tirar qualquer rebarba.

Com a caneta permanente, escreva seu telefone no verso e, na frente, a frase escolhida. Tome cuidado para não escrever muito para cima. Os textos precisam ficar centralizados. Depois de escrever, espere um minuto para que a tinta da caneta seque bem e não borre.

Esquente a ponta do prego em uma vela e, após quente, faça um furo no topo da plaquinha, dando um espaço para não ficar muito próximo de onde ela termina. Tome cuidado para não se queimar pois o prego vai ficar quente. Segure-o com cuidado e protegendo os dedos com um papel ou um pano. Depois, passe a plaquinha na argola de chaveiro e pronto! Ela já está pronta para ser colocada na coleira do cachorro.

Se você quiser garantir mais durabilidade para a plaquinha, antes de fazer o furo pode “pintá-la” com esmalte base ou encapá-la com papel contact transparente.

Independe de qual plaquinha – a do próprio cachorro, uma genérica que você tenha comprado ou produzido em casa – o mais importante é que, durante a hospedagem, o hóspede esteja sempre com ela!

Total
14
Shares

30 comments

  1. boa noite por mais responsáveis q sejamos como anfitriões podemos passar por esse risco,pir isso prevenir é obrigatório…..muito importante esse tópico……

  2. Adorei, estava pensando justamente nisso para atender melhor aos meus pets, graças à Deus ninguém fugiu kkkk, mas havia pensado nisso dias atrás!

  3. Amei!!!! Sempre que saio mesmo que seja por um segundo me preocupo com algo que possa acontecer. Fácil prático e reciclável. Só mudar a plaquinha ou nome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*